Como Preparar o Sermão

O Sermão! É muito importante para o aspirante a pregador conhecer algumas técnicas que vão ajudar a desenvolver os sermões.

O Sermão!

É claro que o sermão ou a mensagem vem da inspiração e dedicação do pregador, mas você que prega, quantas vezes não trocou o fim pelo inicio ou o meio ?

Uma outra questão é que a palavra ela é Viva, algumas vezes temos a mensagem gravada em nós e chega na hora a mensagem que passamos se

torna outra, a grande importância de um sermão elaborado o ajudaria nessas horas, pois mesmo que a mensagem mude você não perdera o foco da mensagem inicial.

Sugestões!

Vamos as sugestões:

  • ATENÇÃO: Crie uma declaração forte, memorável, na introdução do seu sermão ou então use uma história, ilustração que chame a atenção dos seus ouvintes para aquilo que você vai pregar.  Se você não conseguir a atenção nos primeiros minutos, você não conseguirá mais !
  • TENSÃO: Busque um problema que precisa ser resolvido, uma questão, um dilema, algo que leve seus ouvintes a pensar.  Todo sermão relevante precisa se propor a resolver uma pergunta, um questionamento das pessoas.  Contextualize sua mensagem com as grandes questões do momento, que afetam diretamente a vida dos membros, como violência urbana, conflitos familiares, crises conjugais, dificuldades financeiras, necessidade de superação, etc.
  • REVELAÇÃO: Aqui, nos deparamos com o texto da mensagem. É neste ponto que o pregador explica, mostra o contexto, define os contornos da revelação bíblica. É o cerne de nossa mensagem. Mesmo que
pregador
pregando a palavra

tenhamos o cuidado de contextualizar, somos pregadores da Bíblia !  O texto não deve ser algo secundário, mas o coração do sermão. Mergulhe no seu texto, memorize, parafraseie, pesquise, consulte bons comentários. Aprofunde nos princípios bíblicos que vão impactar as vidas.

  • APLICAÇÃO: Depois de interpretar e explicar o texto, é preciso aplicar !  Construir uma ponte entre o mundo bíblico e o mundo atual. Tornar as verdades do texto claras não é o suficiente para um bom sermão.  É preciso mostrar como elas se aplicam na vida do adolescente que vai fazer uma prova amanhã, o pai de família desempregado, o casal que está a beira do divórcio, o empreendedor que luta com os desafios do mercado.   Muitas das epístolas de Paulo começavam com profundos conceitos teológicos e terminavam falando de assuntos práticos da vida.
  • INSPIRAÇÃO: Suba a montanha e apresente para seus ouvintes o panorama !  Se o seu sermão fosse uma sinfonia, agora é o momento  do clímax !  Você já explicou e aplicou o texto, agora é o momento de inspirar a congregação a imaginar como poderia ser a vida, o futuro, se aplicarem a verdade ensinada. Como um advogado no tribunal apela para o júri, o pregador envolve todas as suas emoções, retóricas, eloquência, para fixar a verdade bíblica na mente e no coração.
  • AÇÃO: Termine com algo prático.  Um plano de ação, que leve as pessoas a inserir em suas vidas a verdade que foi pregada.  Motive-os a agirem.  . Se você pregou sobre amar os filhos, leve-os a fazerem isto de forma prática quando chegarem em casa. Nenhum sermão é digno de ser pregado se não for vivido depois. Jesus, o mais sábio e eficiente pregador, nunca entulhou seus ouvintes apenas com conceitos teológicos áridos. Suas palavras sempre motivaram a ação.